Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

22/10/2014 - 00:11

Sao Luis: Céu Limpo, 27 °C

Divulgada estatística de violência contra a mulher

Divulgada estatística de violência contra a mulher

De acordo com o Relatório Estatístico dos últimos 4 anos do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, a maioria das mulheres agredidas em São Luís tem entre 18 e 29 anos de idade e mora na área Itaqui Bacanga, nos bairros Anjo da Guarda e Gapara. O mapa da violência destaca também: Coroadinho, Cidade Operária, Liberdade, Monte Castelo, São Francisco e Cidade Olímpica.

Desde que foi implantado, em 2008, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência registrou mais de 1.700 casos de orientação jurídica, psicológica e de assistência social.

Das formas de violência previstas pela Lei Maria da Penha, a violência psicológica ainda lidera as ocorrências (1678 casos). A lista segue com violência moral (1519 casos), violência física (1394 casos),  violência patrimonial (1110 casos) e violência sexual (392 casos).

Foram agressões que ocorreram principalmente dentro de casa e por mais de dois anos, diariamente. 68,28% das usuárias do Centro declararam ter registrarado ocorrência policial, mas apenas 5,17% disseram ter seguido a denúncia com inquérito policial. Dos casos que chegaram ao conhecimento do executivo municipal, apenas 184 mulheres alcançaram o poder judiciário. 964 mulheres apresentaram alto nível de ansiedade e em outros casos tiveram também baixa alto estima, distúrbios de sono, e tentativas ou idéias suicidas.

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, vinculado à Coordenadoria Municipal da Mulher - que faz parte da Secretaria Municipal de Governo - funciona como porta de entrada especializada para mulheres que precisam de diagnósticos preliminares da situação de violência, oferece atendimento psicossocial e jurídico e faz encaminhamentos à rede de serviços públicos em funcionamento na capital.

Ascom Prefeitura





Enquete

Você já foi entrevistado por algum instituto de pesquisa?:

 

ChegAí!


E-mail: