Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

16/09/2019 - 00:25

Sao Luis: Céu Limpo, 26 °C

Imperatriz: Detran realiza vistoria em concessionárias e empresas de películas automotivas

Imperatriz: Detran realiza vistoria em concessionárias e empresas de películas automotivas

Como forma de educar e informar sobre a resolução nº 254 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e suas implicações em relação à aplicação de películas automotivas, o Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), por meio dos setores de vistoria e análise de infração, inicia, nesta terça-feira (7), em Imperatriz, visitas técnicas nas principais concessionárias e empresas que aplicam a película para realizar o teste de luminosidade e orientar sobre a aplicação correta de películas fumê.

O Departamento adquiriu cinco medidores de transmissão luminosa das películas aplicadas nas janelas dos automóveis. Os equipamentos já estão sendo usados nas vistorias de São Luís e agora também serão usados em Imperatriz. Os índices têm de obedecer a padrões mínimos de visibilidade tanto para quem está fora do veículo quanto para o condutor.

Grande parte dos condutores alega privacidade, segurança e incômodo com a luz do sol ao deixar o vidro fumê. Mas, para não levar uma multa de R$ 127,69, receber cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e ter de se adequar na hora, o motorista não poderá escurecer o pára-brisa e respeitar os limites estabelecidos.
Os vidros dianteiros incolores precisam de visibilidade maior ou igual a 75%, como os carros saem de fábrica. Os veículos com pára-brisa colorido são produzidos, em média, com até 70% de transparência. Segundo o Detran-MA, esses índices são os máximos tolerados. Qualquer alteração por meio de películas implica infringir a legislação.

As normas têm o objetivo de garantir a segurança do trânsito. O diretor geral do Detran-MA, Flávio Trindade Jerônimo, enfatiza que vidros muitos escuros facilitam a ocorrência de acidentes. "As películas atrapalham a percepção do condutor em condições adversas, em especial quando chove", afirmou. Segundo ele, os parâmetros também trazem mais segurança para os agentes e policiais durante as abordagens e operações de fiscalização.

Os medidores começarão a integrar as blitzens em breve. Parte deles ficará nas unidades de vistoria do Detran-MA para uso nas inspeções veiculares na capital e em Imperatriz. O equipamento é composto por duas partes. Uma delas é grudada por uma ventosa na parte de dentro da janela e emite feixes de luz. Do lado de fora, a outra capta a luminosidade que consegue ultrapassar o vidro e acusa o índice de visibilidade. A tolerância é de 7% para os percentuais aferidos.

As regras para os vidros fumês existem desde 2007, e o Detran-MA pretender fiscalizar de forma efetiva o uso irregular. Vale ressaltar que além de receber a multa, o condutor pego em situação irregular só sai de uma blitz depois de retirar as películas. "A intenção é coibir os abusos. Os aparelhos serão um apoio a isso. É importante que o motorista na hora de colocar a película saiba que ela está adequada com a norma para evitar transtornos desse tipo", afirmou Selmah Reis, do setor de infrações do Detran-MA.

Somente depois dessa etapa educativa, o Detran realizará as vistorias e blitzens com a PMMA para fiscalização, destacou Reis que acompanha as vistorias essa semana em Imperatriz.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg