Moraes pede laudo à PF e dá prazo para Roberto Jefferson explicar visitas

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Polícia Federal elabore um laudo sobre um áudio em que o candidato à presidência da República, Roberto Jefferson (PTB), afirma receber visitas de dirigentes do partido. O político está em prisão domiciliar e as visitas configuram descumprimento das medidas cautelares impostas pela Justiça. A defesa do ex-deputado federal tem 24 horas para se manifestar sobre o caso.

Veja mais no R7

Compartilhe