Sugestão da CBF: Conmebol analisará fim do gol qualificado

Sugestão da CBF: Conmebol analisará fim do gol qualificado
Foto: Lucas Figueiredo/CBF.

A Conmebol criou uma comissão para analisar o fim do gol qualificado em suas competições. A medida foi uma sugestão levada pelo Presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, em reunião na sede da entidade continental nesta quinta-feira, no Paraguai. A mudança será votada no próximo Conselho da Conmebol.

A proposta da CBF veio a partir da experiência recente que a entidade teve em suas competições. Desde 2018, a Copa do Brasil não tem mais os gols marcados fora de casa como critério de desempate em confrontos eliminatórios. A decisão foi avaliada positivamente, já que promove mais competitividade entre as duas equipes nos duelos de ida e volta do mata-mata.

“Acho que é viável para uma resolução, possivelmente, no mês que vem (novembro) porque a gente percebe que há uma adesão grande dos países. Conversei com os presidentes dos clubes e é uma unanimidade. Não queremos tirar a dinâmica do futebol. Os 180 minutos, somando os dois de 90, têm que valer muito. Não pode ser um gol fora que vai alterar o dinamismo do confronto”, disse o Presidente Rogério Caboclo.

Nesta temporada, todas as competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol não tiveram mais o gol qualificado em seus critérios de classificação. A mudança tem sido uma discussão recorrente nas mais altas esferas do futebol mundial.

A próxima reunião da Conmebol deve ser no dia oito de novembro, no Paraguai.

Com CBF.

Conteúdo relacionado